AULA 15 (11/04) – MARCELO MIRISOLA (1) – REFERÊNCIAS INTERTEXTUAIS DE “HOSANA NA SARJETA” (2014)

Começamos a tratar de Mirisola a partir de dois trechos, de dois minutos cada, do vídeo de uma entrevista sua de 2015: no primeiro, para fazer o gancho com o assunto anterior da disciplina, ele diz que não leu e não gostou de Barba Ensopada de Sangue; no segundo, ele afirma que Paulinha Denise, personagem de Hosana na Sarjeta, é real e foi mesmo sua namorada.

  1. 24’15’’- 26’05’’
  2. 30’15’’- 32’15”

*

A seguir, diferenciamos as referências contidas em Hosana na Sarjeta, daquelas de Meia-Noite e Vinte. Concluímos que no romance de Galera, as referências são mais homogêneas, quase sempre do segmento “cult” da cultura pop dos anos 1980 e 1990, visando buscar identificação afetiva com os leitores que vivenciaram o período; já Mirisola claramente faz dois tipos de referências bem distintas entre si, embora às vezes reunidos na mesma frase: ao mesmo tempo que esbanja nomes de autores da cultura erudita, demonstra conhecer bem também o mais trash da indústria cultural midiática.

*

“tanto fazia se era um livro do Paulo Coelho ou a obra completa de Balzac”

(MIRISOLA, Hosana na Sarjeta, primeiro parágrafo)

I) REFERÊNCIAS CULTAS¹

Sofia Coppola (9) [dirigiu o filme Encontros e Desencontros (2003). No Prólogo do livro, este é o assunto trabalhado pelo narrador: “a diferença entre encontro e desencontro” (9)]

“Acho que nem o Fernando Pessoa incorporava tanta gente.” (13) [Paulinha Denise acaba de explicar ao narrador “que recebia cinco entidades”. O contexto então em que está inserido o poeta português é de derrisão]

“[Paulinha Denise] nunca leu Dostoiévski e nunca vai ler Cioran, o negócio de Paulinha Denise é dona Zibia Gasparetto. Ah, obrigado, meu Deus. Uma mulher que jamais vai encher o saco com Clarice Lispector e Amélie Poulain! Caraio, tô livre da ficção se misturando com a realidade!” (14)

“[Paulinha é] A Capitu mareada que tanto pedi a Deus, sem o par de cornos” (16)

“cafetão de Vieira e/ou crítico literário da Unicamp metido a besta” (17) [Alcir Pécora, grande conhecedor da obra do sermonário barroco, e que tem desancado impiedosamente a literatura brasileira produzida no séc. XXI]

Valéry a cotejar Victor Hugo com Baudelaire” (17) [sobre os comentários que Paulinha Denise fez a respeito de Charque, os quais, segundo o narrador, o tal “cafetão de Vieira” “jamais” “conseguiria vislumbrar”. Ao contrário deste, Paulinha era dotada do “filtro da generosidade”]

“Pra fogueira, portanto, Cioran & Céline, Sade, Villon, Verlaine, Baudelaire, Bernhard, Denser, Genet, e todo meu passado de infâmias e dissolução! As pessoas querem ser felizes; mais do que querer, elas precisam do dr. Shinyashiki e do Padre Marcelo.” (33) [quando há a possibilidade de MM ser pai e voltar para Paulinha Denise]

“Cazuza vislumbrava um museu de velhas novidades a partir de uma piroca atolada no rabo” (38)

Amedeo Modigliani e Jeanne Hébuterne

*

II) REFERÊNCIAS DA INDÚSTRIA CULTURAL

dona Zibia Gasparetto

Lojas Americanas

Galvão Bueno

“Troquei deliberadamente Cioran pelo dr. Shinyashiki” (21)

“vai praguejar na novela da Glória Perez, cigana” (21)

[Paulinha Denise pinta as unhas de verde e amarelo e diz:] “‘Sou brasileira, com muito orgulho.’”(26)

Restart (29)

“Faustão (porque sem Faustão aos domingos nada disso faria sentido)” (33)

Chitãozinho e Xororó

“novela das 6 do Walcyr Carrasco” (51)

“Minutos antes, eu e o Brecão assistíamos Bofe de Elite, programa do Tom Cavalcante. Aliás, muito bom, recomendo.” (92)

“E eu voltei pra televisão, mudei de canal e caiu na Ana Maria Braga – que ensinava uma receita de rocambole de carne, acho que era isso: rocambole de carne.” (100)

¹ Evidentemente, esta classificação entre ‘referências cultas’ e ‘referências da indústria cultural’ é arbitrária em alguns dos casos, que não se encaixariam, a rigor, em nenhuma das categorias acima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s