AULA 5 (07/03) – DIÁRIO DE BORDO – ‘NOME PRÓPRIO’ (2007)

Como, pelo fato de dialogar com o ‘Meia-Noite e Vinte’, de Galera, antecipamos o filme que adapta o ‘Máquina de Pinball’ de Averbuck, o qual será analisado por inteiro só mais à frente, seguem aqui pelo menos os dois parágrafos iniciais e o final do livro, para dar uma ideia da contundência desse texto da época do “‘Orangotango'”:

a1

*

a2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s